fbpx

Do Tradicional para o Digital: Guia Empresarial de Marketing Digital

Neste guia iremos apresentar alguns dos benefícios do Marketing Digital, seguidos dos passos fundamentais para a criação de uma estratégia coerente e certeira.
O que eles dizem
Subscrever à Newsletter

Fique a par das nossas novidades, subscreva à nossa newsletter.

O Marketing digital refere-se a todos os esforços de marketing que ocorrem na internet. Esta vertente não substitui o Marketing Tradicional, mas, por sua vez, abre portas para todo um mundo de canais e ferramentas que possibilitam uma melhor segmentação e medição do sucesso das campanhas criadas.

Neste guia iremos apresentar alguns dos benefícios do Marketing Digital, seguidos dos passos fundamentais para a criação de uma estratégia coerente e certeira.

Porquê investir no Marketing Digital?

marketing

1 – Defina as campanhas apenas para os clientes com maior probabilidade de comprar o seu produto ou serviço

Marcas que optam por colocar um anúncio nos meios de Marketing Tradicional (como televisão, rádio, revista ou outdoor) têm pouco controlo sobre quem vê o anúncio, podendo por vezes ser um “tiro no escuro”.

Por outro lado, marcas que optam por enveredar pelo marketing digital têm uma maior facilidade em identificar e segmentar um público altamente específico, bem como enviar mensagens de marketing personalizadas e de alta probabilidade de conversão para o seu público.

Sobretudo em redes sociais e do Google, a possibilidade de segmentação é extremamente precisa, podendo exibir anúncios de determinado público com base em variáveis como idade, sexo, localização, interesses, redes ou comportamentos. Nunca descurando as boas práticas e estratégias de SEO e PPC que permitem conquistar uma posição orgânica e paga, nos motores de busca.

2 – Aprenda com as estatísticas

É possível saber, através de softwares de análise digital como o Google Analytics, o número exato de utilizadores que visualizaram a página inicial de um site em tempo real. Também através do Google Analytics, é possível saber quantas páginas foram visitadas, quais os dispositivos utilizados, através de que canais, entre outros dados de análise digital (como demografia, localização).

Essa informação estatística é importantíssima para definir os passos seguintes de atuação, como por exemplo, definir em que canais, métodos e ferramentas de marketing apostar.

Com o Marketing Tradicional, é muito difícil perceber como os utilizadores interagem com a marca antes de interagirem com um vendedor ou fazer uma compra. No Marketing Digital, pode-se identificar tendências e padrões no comportamento dos utilizadores antes que estes atinjam o estágio final da jornada do comprador, o que significa que é possível tomar decisões mais informadas sobre como atrair os utilizadores para o site da sua marca.

3 – Controle a jornada do cliente

Os canais de Marketing Digital permitem acompanhar toda a jornada de compra dos utilizadores. Compreender e analisar como este se comportam é preponderante para a conversão de leads. Desta forma, é possível dedicar esforços de CRM para tentar captar os clientes nas várias fases do funil de vendas.

4 – Faça e refaça!

É mais fácil adaptar e mudar uma estratégia de marketing digital.

Geralmente, leva-se as estratégias de marketing até à conclusão, permitindo que ela entre em vigor e, em seguida, mede-se os seus resultados. No entanto, nem sempre as coisas saem conforme o planeado. Com o digital consegue perceber num ponto quase inicial se, por exemplo, uma suposição estava incorreta ou o se público não reagiu como era esperado.

Poder mudar a sua estratégia facilmente é um grande benefício do marketing digital. Adaptar uma estratégia de marketing digital é muito mais fácil do que outras formas mais tradicionais. Por exemplo, se um anúncio pago na rede social Instagram não estiver a ter a performance esperada, rapidamente se ajusta e otimiza para obter melhores resultados

Como criar uma estratégia digital

marketing

Agora iremos apresentar os 5 passos essenciais para a criação de uma estratégia de entrada no espaço digital:

1 – Defina os objetivos para a sua empresa

Como qualquer plano, é fundamental que se comece por identificar e estabelecer os objetivos estratégicos e operacionais, visto que todas as decisões a posteriori irão depender desta decisão. Alguns dos objetivos podem passar por vendar mais, angariar leads, aumentar a notoriedade de marca, angariar fãs, etc. A definição de um ou mais objetivos é preponderante pois servirá como “lanterna” para uma escolha fundamentada de canais e ferramentas digitais.

2 – Identifique o seu público-alvo

Conforme referido anteriormente, um dos maiores benefícios do marketing digital é a oportunidade de atingir públicos específicos – no entanto, é possível para as marcas aproveitarem este benefício mesmo sem terem identificado inicialmente o seu público-alvo. Isto porque, por ser tratarem de campanhas tão facilmente alteráveis, é possível ir aprendendo com as estatísticas de ferramentas como o Google Analytics e, dessa forma, definir o público-alvo dentro de cada canal digital.

Por exemplo, talvez tenha notado que a maioria do público do Instagram é mais jovem e como tal prefere conteúdo como reels e memes – mas no Facebook a interação é com um público mais adulto que prefere artigos e vídeos de especialistas.

3 – Estabeleça um orçamento para cada canal

Como com qualquer coisa, o orçamento que determina depende de quais elementos de marketing digital se pretende adicionar a uma estratégia de Marketing Digital.

Com o inbound marketing por exemplo, o foco principal está na criação de conteúdo de alta qualidade que o determinado público-alvo irá querer consumir, e aí o único investimento necessário é tempo.

Já com publicidade online e compra de listas de e-mail, há, sem dúvida, alguns custos. O que se gasta resume-se ao tipo de visibilidade que se deseja receber como resultado da publicidade.

Por exemplo, para implementar uma estratégia de PPC usando o Google Ads, uma marca estará a competir com outras empresas do seu setor para aparecer no topo dos resultados de pesquisa do Google para palavras-chave associadas ao seu negócio. Dependendo da competitividade da palavra-chave, isso pode ser razoavelmente acessível ou extremamente caro, e é por isso que é uma boa ideia as marcas focarem-se também na construção do seu alcance orgânico.

4 – Otimize todos os conteúdos para mobile

Cerca de 60% de todas as pesquisas feitas a nível mundial são feitas num dispositivo móvel. Isto claramente reflete a importância de ter todos os ativos de Marketing Digital – tais como anúncios digitais, páginas da web, imagens de social media, entre outros – 100% otimizados para telemóveis.

Os utilizadores que interagem com a uma marca online por meio de dispositivos móveis precisam de ter a mesma experiência positiva que teriam no computador. Isso traduz-se em implementar um design compatível com os dispositivos móveis ou responsivo para tornar a navegação amigável para quem utiliza estes dispositivos.

5 – Defina as keywords do seu negócio

O marketing digital tem tudo a ver com atingir públicos-alvo por meio de conteúdo personalizado – tudo isso não pode acontecer sem uma pesquisa eficaz das palavras-chave ideias para um negócio em específico.

A realização de pesquisas de palavras-chave é fundamental para otimizar um website e o respetivo conteúdo SEO, garantindo que os utilizadores podem encontrar uma marca por meio de mecanismos de pesquisa.

É aconselhável a criação de listas de palavras-chave de alto desempenho relacionadas com produtos ou serviços e a utilização as variações das mesmas para oportunidades adicionais.

6 – Aplique isto ao seu negócio!

De uma forma geral, os consumidores estão cada vez mais exigente e o mercado cada vez mais competitivo. É por isso necessário começar a adaptar métodos alternativos de abordagem ao mercado: experimentar, avaliar e verificar se estes funcionam.

Para isso, está aqui a DIZAIN – Comunicação & Marketing Digital. Pode contar connosco para guiá-lo por todos estes passos e, lado a lado, levar a sua marca a atingir os objetivos estabelecidos.

O Marketing Digital não é o Futuro, é o Presente.

Marketing
Receba 15% de desconto nos nossos serviços, subscrevendo à nossa newsletter.