fbpx

Lançamento: Alertas Amber para crianças desaparecidas chega ao Instagram

Os alertas irão incluir informação importante sobre a criança como: fotografia, descrição, local do desaparecimento/rapto e qualquer outra informação disponível que possa ser facultada.
O que eles dizem
Subscrever à Newsletter

Fique a par das nossas novidades, subscreva à nossa newsletter.

  • O Facebook, rede proprietária do Instagram, está a lançar os Alertas Amber para crianças desaparecidas no Instagram, permitindo a pessoas ver e partilhar notificações de crianças desaparecidas na sua área.
  • Esta funcionalidade começou a ser disponibilizada ontem, dia 1 de Junho e ficará disponível em 25 países durante as próximas semanas.
  • Desde 2015 os Alertas Amber no Facebook têm sido bem sucedidos a auxiliar as autoridades a encontrar e rapidamente localizar crianças desaparecidas.

Os alertas irão incluir informação importante sobre a criança como: fotografia, descrição, local do desaparecimento/rapto e qualquer outra informação disponível que possa ser facultada. Os utilizadores poderão ainda partilhar o alerta com os seus amigos na rede para ajudar a espalhar a palavra.

Montagem dos ecrãs de alerta a serem difundidos.

Estes alertas são por norma raros e específicos à área de busca. Se receber um significa que existe uma busca ativa por uma criança desaparecida perto da sua área. Por forma a saber a quem apresentar estes alertas, o Instagram utiliza uma ampla variedade de sinais, incluindo a cidade que lista como sendo a sua no seu perfil, o seu endereço de IP e os serviços de localização caso os tenha ativos.

“O Instagram é uma plataforma baseada no poder das fotografias, tornando-a perfeita para o programa de alertas Amber. Sabemos que as fotografias são uma ferramenta crítica na pesquisa por crianças desaparecidas e expandindo o público para a audiência do Instagram, teremos a capacidade de partilhar fotografias de crianças desaparecidas com tantas mais pessoas”

Michelle DeLaune, presidente e CEO do Centro Nacional para Crianças Desparecidas ou Exploradas dos Estados Unidos da América.

Os alertas começarão a estar disponíveis em vários países a partir das próximas semanas, mais especificamente 25 países numa primeira fase: Argentina, Austrália, Bélgica, Bulgária, Canadá, Ecuador, Grécia, Guatemala, Irlanda, Jamaica, Coreia, Lituânia, Luxemburgo, Malaysia, Malta, Méxiso, Holanda, Nova Zelandia, Roménia, África do Sul, Taiwan, Ucrânia, Reino Unido, Emirados Árabes e EUA.

Está a gostar do artigo?

Subscreva à nossa newsletter e receba dicas e truques para melhorar a presença online da sua empresa!

Marketing
Receba 15% de desconto nos nossos serviços, subscrevendo à nossa newsletter.